quarta-feira, Abril 17, 2013

Falhei!!!


A vida de um treinador é complicada.
O treinador é aquele em quem o atleta confia e está disposto a sofrer pelos sonhos que o seu mestre lhe induz.
E quando o mestre falha, a sua consciência não pode ficar tranquila. Porque o empenho e o esforço não tiveram a sua recompensa. Os êxitos são do atletas mas os inexitos são do treinador.
E eu falhei. Não porque não tivesse dado a motivação suficiente ou porque os atletas não tivessem seguido os ensinamentos.
Falhei porque os deixei ir fazer um Teste de ergómetro em que eu próprio não conhecia as máquinas. E isso não me deixa de consciência tranquila.
As condições de treino no Clube são aquilo que toda a gente sabe. As maquinas não tem mostradores e as que tem são do seculo passado, logo sem capacidade de aferir outros valores que não sejam os parciais e trabalhar a capacidade fisica. A única relativamente mais recente é minha e depois dessa já saíram pelo menos mais três modelos. É conhecido que considero o ergómetro uma excelente ferramenta de treino alternativo e pouco mais. Por considerar que o ergómetro influência o desempenho técnico, os treinos são pouco constantes com especial incidência no trabalho na agua.
Mas os testes foram realizados em ergómetros e recentes.
Apesar de ter pedido para se ambientarem e fazerem o aquecimento utilizando o “drag” em que se sentissem mais à vontade, a realidade é que colocaram a regulação na mesma posição que nas maquinas em que treinam. E elas não são iguais. O receio de falhar, o nervosismo e a ansiedade, sendo o seu primeiro teste de ergómetro na distância, fez com que eu acreditasse que aquela era a melhor opção delas.
Mas não foi. E a responsabilidade é minha pois é meu dever conhecer todas as realidade e medir as consequências.
Fizeram um mau resultado apesar do brilhante e esforçado desempenho.
É claro que se tivesse optado por lhes colocar a maquina mais “pesada” poderia estar com o mesmo dilema.
A realidade é que nas máquinas “velhas” fazem, em treino, valores que permitem acreditar que tem lugar entre os melhores atletas nacionais e, no primeiro e único teste a sério em maquinas novas ficaram bem longe do pedido. E não é por falta de valor, pois os resultados na água tem dito o contrário.
Ficaram de fora da etapa seguinte. Estou triste e desiludido. Não com elas ,mas comigo próprio.
Elas não mereciam.

domingo, Abril 14, 2013

Testes Nacionais

É já na próxima 3ª feira, 16-4-2013 que terá lugar a primeira etapa da fase de apuramento para os atletas candidatos à Equipa Nacional.
O CDUP estará presente com duas atletas, a Sara Soares e Mariana Silva, ambas concorrentes nos escalão Junior, tentando os mínimos nos 5 Km de ergometro para, no dia 20-03, fazerem os testes de água.
Depois dos facilitismos do passado recente, em que bastava ser grande (altura) para ter acesso directo à Equipa nacional, agora passou-se do 80 para o 8, com testes exigentes e que irá fazer com que só mesmo os melhores tenham lá lugar. Agora não se abrem vagas na expectativa de ter atletas para preencher o lugar e justificar umas voltinhas por esse mundo fora. Porque o dinheiro é caro e é de todos nós.
Foi uma das primeiras medidas da nova Direcção da FPR liderada pelo Luis Teixeira e que merece o reconhecimento daqueles que consideram que a Selecção tem que ser para os melhores. E eu sou um deles.
Apenas considero que deverá ser tida em consideração a nossa realidade e devem ser feitos os respectivos ajustamentos estruturais para não se criar um vazio. O crivo deve ser cada vez mais apertado mas realista. E a transição passa por aproveitar os valores que a médio/longo prazo podem estar presentes entre os melhores. Começar a estudar os atletas que podem constituir tripulações para o futuro e não fazer apenas estágios em vésperas das grandes competições.
Porque demora anos a fazer uma Equipa. E temos muitos valores que pretendem trilhar esse caminho.
Desejo a melhor das sortes (como se o Remo dependesse da sorte) às duas candidatas do CDUP assim como a TODO(A)S os putativos representantes nacionais.
Façam a vida dificil ao Selecionador Nacional. Ponham-no a trabalhar com muitas tripulações.
Afinal Sevilha é aqui ao lado e será lá, entre os dias 29-05 e 02-06 que os Seniores poderão mostrar o que valem.
Já para os Juniores terão que fazer mais uns milhares de Km até Minsk, na Bielorrusia, entre os dias 23 e 26 de Maio próximo.
O tempo corre e todos gostariamos de ver Portugal com uma boa prestação.
BOA SORTE para todos.

quinta-feira, Março 28, 2013

A Corrida começou.

Estamos a pouco mais de uma semana da corrida eleitoral para a FPR e já começa a haver assunto. Eu sei que me tinha comprometido moralmente com Orgão que represento em evitar fazer publicações neste MEU espaço, mas uma coisa é a nossa individualidade, outra a representatividade e, embora muitos queiram fazer crer, uma coisa não tem a ver com a outra.
Continuo a ser o mesmo, sujeito à critica e ao aplauso, mas sempre defensor dos MEUS princípios e valores. Portanto, tudo o que possa dizer ou escrever apenas me vincula a mim, pois é a MINHA opinião que está publicada.
Depois deste “parêntesis” volto ao tema original.
Parece que temos dois Candidatos à Direcção da FPR.
Um, já conhecido e tendo demonstrado atempadamente esse desígnio e outro que fiquei a saber pelas redes sociais, embora já se ouvissem rumores sobre essa eventual candidatura.
Depois de ter consultado o site da FPR vi que efectivamente ambos os nomes lá constavam. Agora o que não consta é os nomes das restante equipas Diretivas. E apesar do Art. 26º dos Estatutos não conferir poderes à AG para eleger ou destituir a Direcção, os restantes Artigos indiciam que as Listas devem ser todas apresentadas.
Assim, os Estatutos, no seu Art. 24º dizem qual a composição dos Orgãos Sociais: Assembleia Geral; Presidente; Direcção; Conselho Fiscal; Conselho de Disciplina; Conselho de Justiça e Conselho de Arbitragem.
Define ainda, no Artº 36º, a definição e constituição da Direcção. No Regulamento Eleitoral, o Art. 6º refere que o Presidente será eleito em LISTA própria, assim como os restantes Órgãos. Refere ainda no ponto 7 que “Cada LISTA deverá conter os nomes dos candidatos aos cargos correspondentes e respectivos mandatários".
Sem me querer estar a debruçar sobre aspectos jurídicos do novo Regime Juridico da Federações Desportivas, parece que temos aqui uma incongruência.
Será que se pode eleger um Presidente e não haver Direcção?
Imaginemos, no limite, que ninguém está disponível para, no prazo legal de 15 dias, pertencer à Direcção da FPR?
Teremos uma Direcção de um homem só?
Ou vamos estar sujeitos à escolha pelo Presidente dos seus “homens de Confiança” e eventuais detratores e carrascos do Remo Nacional?
A coisa parece aquecer. Vamos ver o que o futuro nos reserva.

segunda-feira, Janeiro 28, 2013

1ª Regata Troféu ARDP Remo Jovem / Master's

É já neste sábado, 02-02-2013, que terá lugar a 1ª Regata do Troféu ARDP para Remo Jovem e Veteranos. A prova terá lugar na Pista de Ribeira de Abade / Gramido e é aberta a todos os clubes que queiram participar nos escalões infantil, iniciado, juvenil e veterano, masculinos e femininos. Os clubes da ARDP já marcaram presença, pelo que se esperam, como habitualmente outros clubes, nomeadamente do norte do país. Espera-se que seja uma festa de Remo e que o tempo ajude, já que esta prova foi adiada para esta data devido às más condições climatéricas que se apresentaram no ultimo Domingo, dia agendado. O Troféu é entregue à tripulação que no final do circuito de (espera-se) 5 regatas obtenha melhor classificação.

quarta-feira, Janeiro 23, 2013

Forum "O REMO E O FUTURO - QUE CAMINHOS?"

Apesar de ter publicado poucas novidades no que respeita ao panorama do Remo em geral, não significa que não haja noticias (boas e menos boas).
O tempo e outros compromissos não me tem permitido escrever com a assiduidade que gostaria.
Não fica, portanto, fechado este espaço e sempre que haja factos relevantes e a disponibilidade me permita, cá estarei para partilhar.
O que merece maior destaque pela importância que tem para a modalidade é o FORUM que se irá realizar nos próximos dias 9 e 10 de Fevereiro próximos, organizado pela ARDP, com o apoio da CA da FPR.
Com o título "O Remo e o Futuro - Que Caminhos" o forum que se realizará em Quebrantões - Gaia, no Auditório Eng. Edgar Cardoso (sede da FP Canoagem) conta com presenças de nomeada e será um espaço onde se trocarão ideias, apresentarão projectos e conhecerão o(s) putativo(s) candidatos aos destinos da FPR.
A afluência de inscrições tem sido grande, apesar de ainda faltar algum tempo para o seu encerramento.
Uma das razões desta afluência resulta do beneficio de 10€ que terão as inscrições feitas até ao dia 31-01-2013 (o valor da inscrição é de 25€) como incentivo à inscrição atempada, o que possibilita um melhor tratamento da logistica.
O programa para os 2 dias é diversificado, com a seguinte composição:

Dia 9 (Sabado)
Início 9:30 - Cerimónia de Abertura e de boas vindas

Oradores:
Dr. Mário Santos – Presidente da F.P. Canoagem / Chefe Missão Olimpica Londres 2012
Coffee-break
Dr. João Zamith – Vice-Presidente da Intercéltica
Carlos Henriques – Treinador de Remo

12:30 Intervalo para Almoço

Sessão da tarde: 15:00h
Fernando Estima – Ex-Presidente da F.P.Remo
Artur Madeira Vice-presidente da AG do CNID – Associação de Jornalistas do Desporto
Coffee-break
Representante da ANMP – Associação Nacional dos Municípios Portugueses
Dr. Alvaro Branco – Dirigente Desportivo

Jantar de Gala - 20:30 - Restaurante Davilina
 
Dia 10 (Domingo)
Início: 8:30

Oradores:
Dr. Luis Ahrens Teixeira – Ex-Atleta e Socio-Fundador Avizaqcua Team Center
Mestre José Carlos Canhola – Treinador de Remo
Coffee-break
Dr. João Pinto – Treinador de Remo – Dirigente da ANTREMO
Lars Christiensen – Team Manager Dinamarca

Cada orador fará uma apresentação, seguida de debate.
O final dos trabalhos está previsto para as 13:00 de Domingo onde se conhecerão as conclusões.
Os interessados podem fazer as respectivas inscrições em ardporto@gmail.com (fórum, jantar e alojamento) assim como esclarecer dúvidas.

Até lá.

segunda-feira, Novembro 26, 2012

PARABÉNS CDUP



Hoje é dia do CDUP apagar as 63 velas correspondentes à sua já longa história.
Uma história feita de altos e baixos, com muitos sucessos desportivos e muitos marcos na sociedade que teve a sua data de criação em 26 de Novembro de 1949 e contou já com mais de 20 modalidades.
Hoje, poucas resistiram à longa “travessia do deserto” resultante do abandono da Reitoria em 2000 e que teve agora o seu epílogo com o regresso deste carismático emblema ao seio da Universidade, com a assinatura do termo de transição.
O REMO esteve sempre na luta pela sua manutenção e congratula-se pela passagem de mais um aniversário e deseja que este se repita por muitos e bons anos.
Agora é preparar o futuro.
E a melhor prenda que a secção de REMO pode ter é o novo Posto Nautico.

PARABÉNS CDUP.

sábado, Novembro 10, 2012

Sevilha em discussão

Realiza-se segunda-feira, 12-11-2012, uma reunião entre a Junta Directiva da Federação Andaluza de Remo, o Representantes do CAR de Sevilha e a Camara de Andaluzia para decidir sobre o pagamento das subvenções acordadas e do patrocinio à Regata de Sevilha.
Embora haja todo o interesse em levar este evento avante, os organizadores da regata consideram que o valor disponível para realizar este evento é insuficiente pelo que reclamam mais apoio das entidades oficiais.
A reunião de segunda-feira é decisiva para que se tome uma posição oficial sobre o assunto.
Desta decisão está pendente a data da realização da Regata de Natal, já que uma boa parte dos Clubes portugueses pretendem participar na prova espanhola.
A ARDP pretende manter a tradição de organizar este importante evento, tudo apontando para que esta prova se realize no dia 9-12, em especial devido às marés.